sábado, junho 30, 2007

PARA QUEM MORA NA ILHA E NÃO...

CONHECE O HINO À ILHA DO GOVERNADOR,
AQUI ESTÁ A LETRA, A MÚSICA ...
SEI DE COR!

HINO À ILHA DO GOVERNADOR

Ilha Maravilhosa

Autor: Alexandre Denis

Ilha do Governador
Gloriosa na tradição
És valente, também és bela.
Da Guanabara
Graciosa inspiração.
O mar, serenamente,
Vela por ti, murmurando uma canção.
És magia, nas noites calmas
Deslumbramento
De alma pura em oração.

Estácio de Sá,
Na alvorada
Desta terra abençoada,
Elegeu Maracajá,
Belo exemplo
De heroísmo e decisão,
E tu vistes em tuas matas
Da vitória o fulgor!
Salve linda Paranapuã!
Salve, Ilha do Governador!

Ilha, és maravilhosa,
Relicário do meu Brasil.
De beleza esplendorosa
É fascinante
Pela graça juvenil.
Teu povo, feliz e nobre
Iluminado pela deslumbrante luz
Do sol, que resplandece,
Neste recanto
Do Brasil de Santa Cruz!

Estácio de Sá,
Na alvorada
Desta terra abençoada,
Elegeu Maracajá,
Belo exemplo
De heroísmo e decisão,
E tu vistes em tuas matas
Da vitória o fulgor!
Salve linda Paranapuã!
Salve, Ilha do Governador!


Brasão da Ilha do Governador

Escudo heráldico português (arredondado na base e formando ângulos retos na parte superior), encimado pela coroa mural de cinco torres, de ouro, símbolo da Cidade-Capital. Aos lados dois golfinhos, símbolo de povoação marítima, tendo ao lado direito a data de 1568, data da sesmaria de mais de motado da ilha, concedida por Mem de Sá, Governador Geral do Brasil, a Salvador de Sá, o Velho, 2º Governador da Capitania do Rio de Janeiro.
Do lado esquerdo, a data de 1961, data da criação do Brasão de Armas da Ilha do Governador, ambos os números em vermelho.
Em baixo, ainda em vermelho, a legenda "Governador", referente ao nome da ilha e ao cargo de Salvador Correia de Sá.
Divisão quartelada, sendo o 1º quartel (à direita), sobre fundo branco (prata) um arco em vermelho disparando ema flecha, simbolizando a primitiva ocupação índigena da ilha.
No 2º quartel (em baixo, à direita), sobre fundo vermelho, o retrato de Salvador Correia de Sá.
À esquerda, no 1º quartel, sob fundo azul, a Matriz de N.Sa. da Ajuda, em ouro (amarelo), simbolizando a criação da Freguesia de N.Sa. da Ajuda, em 1710.
Em baixo, sob fundo azul, as armas da Aeronáutica (asas) e da Marinha (uma âncora), em ouro (amarelo), simbolizando a ocupação militar na Ilha.
Em heráldica, o vermelho simboliza a vitória, com sangue, sobre o inimigo.
No Brasão, o vermelho simboliza a vitória, decisiva, para a conquista do Rio de Janeiro pelos portugueses.
No período de 1961 a 1975, o Brasão de Armas da Ilha do Governador teve uma estrela de prata sobre a coroa mural de ouro, simbolizando o estado da Guanabara, com a fusão, em 1975, o Brasão perdeu a estrela.

sexta-feira, junho 29, 2007

Ameno

Ameno

RIR É O MELHOR REMÉDIO...

Secretária muito eficiente!

Tem gente que não aprende mesmo, não se pode ensinar tudo

- Bom dia! Poderia falar com o Dr. Marcelo?

- Desculpe, senhor, mas no momento o Dr Marcelo está cagando!

O cara fica horrorizado, desliga o telefone e decide avisar ao Dr Marcelo como foi tratado pela secretária:

- Dr Marcelo, hoje de manhã, liguei para o seu escritório e sua secretária me disse que o senhor estava cagando, isso é um absurdo, o senhor é presidente de uma multinacional, trata com pessoas importantíssimas. Sua secretária deveria ter mais educação!

O Dr. Marcelo então diz:

- Ô Flávio, muito obrigado pelo toque, vou falar com ela, ela é novata, muito esforçada, com o tempo aprende...

Passados alguns dias, o cara liga novamente para o escritório, e novamente a secretária atende:

- Bom dia, em que posso ajudar-lhe?

- Bom dia, poderia falar com o Dr Marcelo?

A secretária responde:

- No momento, o Dr Marcelo está ocupado...

Flávio gostou da resposta, viu que a secretária havia aprendido. Então ele perguntou:

- E ele vai demorar muito?

A secretária respondeu:

- Ah... Do jeito que ele passou peidando por aqui, vai levar uns 40 minutos!!!

SÓ RIA...

UM SENHOR DE 80 ANOS E SEU AMIGO DE 90.

Um senhor de 80 anos chegou para o amigo de 90 e falou:
- Estou muito feliz, ganhei um filho!
- Que maravilha, disse o amigo.
Mas qual é a receita? Você está com 80 anos e ainda está ativo?!
- Pois é, tenho uma receita infalível: todos os dias vou à Padaria bem cedinho e compro 6 pães bem fresquinhos e quentinhos.
Ao Chegar em casa, eu como 3 e minha esposa os outros 3.
Todo santo dia é assim e está funcionando que é uma beleza!
- No outro dia o amigo resolveu adotar a receita da Fertilidade e foi à padaria às 5 da manhã.
- Ô Manoel, me vê 40 pães por favor.
- 40 pães!!! É muita coisa!!! Vai endurecer a metade!!!
- Disse o Manoel .
- Então me dá 80!!!
- disse o velhinho.

quinta-feira, junho 28, 2007

SÓ PRA VOCÊ SABER:

A VERDADE SOBRE A GORDURA TRANS !!!

REFLEXÃO... ( RP )

Gordura TRANS

Entenda, de A a Z, por que a gordura transversa é a pior de todas.
O nome é esquisito e seus efeitos no organismo ainda estão sendo estudados. Mas já se sabe que há, em vários alimentos, mais um tipo de "gordura do mal", o ácido graxo transverso, mais comumente chamado de gordura trans. Essa gordura entra na composição de diversos alimentos, do bolo da padaria ao biscoito "água e sal". Seu uso deixa esses produtos mais crocantes, sequinhos, duráveis e apetitosos. Mas, além de aumentar os níveis do "mau" colesterol, a gordura trans também diminui a quantidade do "bom". A solução seria banir a trans da alimentação, como sugerem os nomes de organizações não-governamentais como a Ban Trans Fat e a Trans Free America?
Na vida real, as coisas não funcionam assim. A questão não é abolir, mas tentar reduzir ao máximo o consumo de gordura trans. A dificuldade é saber quais alimentos a contêm e em qual quantidade. Para tentar resolver esse problema, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou que, a partir de 1º de agosto de 2006, as empresas devem especificar nos rótulos o teor de gordura trans de seus produtos.

A: Ácidos graxos.
São os principais componentes das gorduras (lipídeos). Quando digeridas, as gorduras fornecem ao organismo energia e ácidos graxos. Estes podem ser do tipo monoinsaturados, poliinsaturados, saturados e trans (gerados, basicamente, no processo industrial de hidrogenação de óleos vegetais mas existentes, em pequena quantidade, em carnes, leite e derivados).
B: Biscoitos.
Biscoitos doces e salgados são ricos em gordura hidrogenada e, conseqüentemente, em ácidos graxos trans. Até os populares "água e sal" e "cream cracker", muitos consumidos por quem quer fazer dieta ou ter uma alimentação saudável, são ricos nesse tipo de gordura -mais ainda do que os biscoitos recheados.
C: Câncer.
Segundo Glaucia Maria Pastore, professora de bioquímica dos alimentos da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), há evidências na literatura científica de que o consumo excessivo de ácidos graxos trans pode estar relacionado a uma maior incidência de câncer de mama. O endocrinologista Antonio Carlos Lerário, diretor da Sociedade Brasileira de Diabetes, explica que, embora ainda não existam estudos conclusivos, suspeita-se que o ácido graxo trans altere o funcionamento da parede celular, principalmente das artérias (nas quais o colesterol produzido pelas gorduras se deposita), o que pode gerar alterações anormais nas células.
D: Diets e light.
Uma das preocupações dos médicos em relação à gordura trans é que ela está oculta em grande parte dos alimentos industrializados e é consumida inadvertidamente. O chocolate diet, por exemplo, é indicado para diabéticos por não conter açúcar, mas pode ter uma quantidade igual ou maior de gordura do que o chocolate convencional. "Ao retirar o açúcar, o chocolate fica com sabor e consistência menos agradáveis. A gordura hidrogenada [que gera ácido graxo trans] melhora esses dois aspectos, por isso pode ser utilizada em vários desses produtos", diz o endocrinologista Antonio Carlos Lerário. Pela legislação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), os produtos light são os alimentos com redução mínima de 25% de determinado nutriente ou caloria. Se a redução é na quantidade de gorduras em geral, conseqüentemente conterão menos ácidos graxos trans.
E: Estudos.
No Brasil e no mundo, ainda são poucos os trabalhos que especificam a quantidade de ácidos graxos trans presentes nos alimentos. Segundo a nutricionista Vera Lúcia Chiara, professora do Instituto de Nutrição da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), as tabelas nacionais de composição de alimentos não trazem o teor de gorduras trans que eles possuem. "Há tabelas com esses valores nos Estados Unidos, mas elas são antigas. Além disso, a quantidade de trans nos produtos muda de uma região para outra." Chiara analisou o teor de trans em alguns alimentos produzidos no Brasil, como sorvetes, biscoitos e batatas frita.
F: Fast food.
A gordura trans é utilizada para preparação de alimentos nas redes de fast food porque, além de ser mais durável, "tem uma estrutura que conserva melhor o alimento e o deixa mais atraente. É por isso que a batata frita fica mais dourada e parece mais crocante do que a feita em casa", diz Artur Cotrim Guimarães, chefe do departamento de prevenção do Hospital Pró Cardíaco. Nos EUA, a organização não-governamental Ban TransFats.com processou a rede McDonald's pelo descumprimento de uma promessa, feita em 2002, de cortar drasticamente a utilização de gordura trans.
G: Grávidas e crianças.
De acordo com a nutricionista Vera Lúcia Chiara, uma questão que está sendo muito debatida é se gestantes e crianças devem consumir gordura trans. "Os ácidos graxos trans competem com um tipo de gordura insaturada, o ácido linoleico, que nosso organismo não produz. Isso atrapalha a produção de outras gorduras que são essenciais ao desenvolvimento neurológico do feto e da criança", explica a nutricionista.
H: Hidrogenada.
A gordura hidrogenada é produzida, por meio de um processo industrial, a partir de óleos vegetais ricos em ácidos graxos poliinsaturados. "A hidrogenação parcial [reação do óleo com hidrogênio] torna o óleo mais consistente, que passa de líquido a pastoso ou sólido. Esse processo gera ácidos graxos trans", diz o engenheiro químico Homero Souza, gerente de pesquisas e desenvolvimento do grupo Agropalma. A gordura hidrogenada tem larga utilização industrial: entra na composição de bolos, pães, congelados, entre outros produtos.
I: Insaturada e saturada.
Os ácidos graxos insaturados são as gorduras mais saudáveis que existem. Eles podem ser divididos em monoinsaturados (cujas maiores fontes são o azeite de oliva, o óleo de canola e o abacate) e poliinsaturados -o ômega 3, presente principalmente nos peixes de água frias, e o ômega 6, encontrado nos óleos vegetais, com exceção dos de coco, cacau e palma (dendê). Já os ácidos graxos saturados são considerados, ao lado da gordura trans, os mais prejudiciais à saúde. As maiores fontes desse nutriente são os alimentos com gordura animal (como carne, leite e manteiga). Os únicos vegetais que possuem esse nutriente são os óleos de palmeira e de coco. O consumo elevado de gorduras saturadas aumenta o colesterol total e o LDL (colesterol ruim). De acordo com a nutricionista Liliana Bricarello, as novas diretrizes do National Cholesterol Education Program e da American Heart Association aconselham que a ingestão desse tipo de gordura não ultrapasse 7% do valor calórico diário total.
L: LDL/HDL.
Artur Cotrim Guimarães, do Hospital Pró-Cardíaco, do Rio de Janeiro, explica que, no processo de digestão, a gordura se transforma em pequenas partículas e se liga a proteínas, formando lipoproteínas, que podem ser de baixa densidade (LDL, do inglês Low Density Lipoprotein) ou alta densidade (HDL, High Density Lipoprotein). As de baixa densidade aderem às paredes das artérias, gerando mecanismos inflamatórios que aumentam os coágulos e, cumulativamente, formam placas que obstruem as artérias. Ou seja, estão diretamente relacionadas aos problemas cardiovasculares, por isso o LDL é chamado de mau colesterol. O HDL é considerado bom porque as lipoproteínas de alta densidade "ocupam" o espaço das LDL, diminuindo sua quantidade no organismo. Os ácidos graxos trans, além de aumentar a quantidade de LDL, diminuem a de HDL.
M: Margarina.
Por ser produzida a partir de óleos vegetais, ricos em ácidos graxos insaturados, já foram consideradas uma melhor opção às gorduras de origem animal (como a manteiga), fontes de ácidos graxos saturados, que produzem o mau colesterol. "Mas hoje, sabemos que o óleo vegetal, ao ser hidrogenado para criar a consistência da margarina, transforma a gordura vegetal em gordura ruim, a trans", diz o endocrinologista Antonio Carlos Lerário. O processo de hidrogenação é a forma mais barata de produzir cremes vegetais (pastosos) a partir dos óleos (líquidos), por isso é o mais utilizado pela indústria.
N: Natural.
A maior parte dos ácidos graxos trans é produzida no processo industrial de hidrogenação. Mas esses também existem "na natureza", em alimentos como carne de animais ruminantes, leite e derivados, conta o engenheiro químico Homero Souza. "Porém, a quantidade de ácidos trans nesses alimentos é mínima. Nesses casos, a preocupação é com as gorduras saturadas", diz o endocrinologista Antonio Carlos Lerário.
O: Óleos vegetais.
As gorduras de origem vegetal são insaturadas. São a base para a fabricação das gorduras hidrogenadas, mas, em estado líquido, não contêm ácidos graxos trans. Ou seja, o óleo vegetal de uso caseiro ("óleo de cozinha") não contém gordura trans.
P: Preparação caseira.
Quando um produto que contém ácidos graxos trans (certas margarinas, por exemplo) é utilizado para a preparação de alimentos em casa, nem a quantidade dessa substância nem a sua ação no organismo são alteradas, diz Glaucia Maria Pastore, da Unicamp.
Q: Quantidade máxima recomendada.
Por não ser necessária ao organismo, não há um valor recomendado de gordura trans a ser ingerida -o ideal é consumir o mínimo possível. "Não é como as fibras ou os carboidratos, para os quais há um valor diário recomendado", diz Antonia Aquino, gerente de produtos especiais da Anvisa. A Organização Mundial da Saúde recomenda que a ingestão de gordura trans não ultrapasse 1% do valor calórico da dieta. Como cada grama de gordura equivale a nove calorias, um adulto que consome 2.000 calorias diárias não deveria ultrapassar 2 g de gordura trans (o equivalente a menos de 100 g de biscoitos recheados).
R: Rótulo.
Atualmente, não adianta procurar no rótulo dos alimentos a quantidade de gordura trans que eles possuem. Somente a partir de 1º de agosto de 2006 as empresas serão obrigadas a especificar, além do teor total de lipídeos e de gorduras saturadas, a quantidade de ácidos graxos trans presentes nos alimentos que fabricam. A determinação foi regulamentada pela RDC (Resolução de Diretoria Colegiada) número 360, da Anvisa, que entrou em vigor em dezembro de 2003. Por enquanto, o que é possível fazer é verificar no item "ingredientes" do rótulo se há a indicação "gordura hidrogenada" ou "parcialmente hidrogenada" ou "óleo vegetal hidrogenado" ou "parcialmente hidrogenado". Se houver, é gordura trans na certa.
S: Substitutos.
Algumas embalagens de alimentos já trazem, no campo "ingredientes", os dizeres "gordura interesterificada". Isso significa que os ácidos graxos presentes no produto passaram por um processo chamado interesterificação, que solidifica os óleos vegetais sem que esses tenham de ser hidrogenados. "É um processo mais novo do que a hidrogenação. A tendência é que ele comece a ser utilizado com mais freqüência pela necessidade de encontrar uma alternativa à trans", diz Glaucia Pastore, da Unicamp. Segundo ela, a outra saída é usar, durante o processo de hidrogenação, o óleo de palma, que não forma ácidos graxos trans.
T: Transversos.
A designação "trans" vem de "transversos". O nome diz respeito à ordem da cadeia de átomos do ácido graxo. Segundo o engenheiro químico Homero Souza, é uma ordem pouco freqüente na natureza e praticamente inexistente em óleos e gorduras vegetais não refinados.
U: Utilidade.
A gordura trans faz mal à saúde, mas traz uma série de vantagens para a indústria alimentícia. Por ser sólida, ela é mais fácil de ser utilizada do que o óleo vegetal líquido. Além disso, valoriza o aspecto dos alimentos. Pães e massas folhadas, por exemplo, ganham uma aparência mais dourada. "É um tipo de gordura mais fácil de trabalhar e de estocar, tem menor probabilidade de oxidação e não é tão perecível. Por isso os fabricantes gostam dela", diz a nutricionista Mariana del Bosco Rodrigues, co-responsável pelo departamento de nutrição da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade).
Z: Zero Trans.
Nos Estados Unidos, organizações como a Ban Trans Fats e a Trans Free America se mobilizam para que a indústria alimentícia reduza a quantidade de trans nos produtos que fabrica. No Brasil, algumas indústrias retiraram os ácidos graxos trans de suas margarinas. Becel, Doriana, Claybom, Delicata e Qualy Light são alguns exemplos de produtos sem trans.

CLIQUE E VEJA.

http://www.kids4truth.com/newcreationportuguese.html

terça-feira, junho 26, 2007

RIR É O MELHOR REMÉDIO...

Uma senhora muito distinta estava em um avião vindo da Suíça.
Vendo que estava sentada ao lado de um padre simpático, perguntou:
"Desculpe-me, padre, posso lhe pedir um favor?"
"Claro, minha criança, o que posso fazer por você?"
"Eis o problema: eu comprei um novo secador de cabelo sofisticado, o qual paguei muito dinheiro. Eu realmente ultrapassei os limites da declaração e estou preocupada dele ser confiscado na Alfândega. Será que o senhor poderia levá-lo debaixo de sua batina?"
"Claro que poderia, minha criança, mas você deve saber que eu não posso mentir."
"O senhor tem um rosto tão honesto, Padre, que estou certa que eles não lhe farão nenhuma pergunta", e lhe deu o secador.
O avião chegou a seu destino.
Quando o padre se apresentou à Alfândega, lhe perguntaram:
"Padre, o senhor tem algo a declarar?"
"Do alto da minha cabeça até a faixa na minha cintura, não tenho nada a declarar, meu filho", ele espondeu.
Achando a resposta estranha, o fiscal da Alfândega perguntou:
"E da faixa da cintura para baixo, o que o senhor tem?"
O padre respondeu:
"Eu tenho um equipamento maravilhoso, destinado ao uso doméstico, em especial para as mulheres, mas que nunca foi usado"
Caindo na risada, o fiscal exclamou:
"Pode passar, Padre! O próximo...

REFLITA...

Coisas Valiosas.

Todos nós, temos coisas muito valiosas nas nossas mãos, que guardamos com carinho mas que, grande parte do tempo, não lhes damos o seu devido valor e a atenção que elas merecem...
Quando perdemos uma, apenas uma, dessas coisas valiosas sentimos um vazio, sentimos falta dela e só aí é que percebemos como ela era realmente importante, como poderiamos ter feito imensas coisas com ela se não a tivessemos perdido...
Por isso, olha para as tuas mãos e observa tudo o que tens...
Depois, imagina que vais perdendo cada coisa, uma a uma...
Como te sentes?
Como isso te deixa?
Assim, consegues ver o que é de mais precioso e valioso para ti!
E como na realidade não o perdeste, ainda estás a tempo de lhe dar o devido valor e o carinho que merece...

domingo, junho 24, 2007

Flor de Tecido.

Aprenda a fazer uma que pode ser usada no cabelo ou como broche
Flores de tecido

Simples de fazer e com diversas opções de uso, elas garantem romantismo ao visual .
Material.
FLORES com contas de acrílico (R$ 31,80) e com botão niquelado (R$ 24,90), Das modernosasWanessa Camargo destacou a flor com um blazer de tom mais suave
• 1 pedaço de tecido de sua escolha de 20 x 20 cm
• 17 contas de acrílico ou 1 botão niquelado
• 1 pedaço pequeno de papel
• cartão
• cola de tecido
• agulha
• linha da cor do tecido
• tesoura
Como fazer:
• Em um pedaço de papel cartão, desenhe e recorte um molde de pétala, conforme o esquema ao lado.
• No avesso do tecido escolhido, faça os desenhos de quatro pétalas usando o molde.
Recorte.
• Faça as pregas da pétala dobrando 0,5 cm da lateral direita verticalmente, em seguida dobre de novo ao meio e prenda com um alfinete.
Faça o mesmo com o lado esquerdo.
Costure a base da prega com alguns pontos.
• Para unir duas pétalas, primeiro prenda com alfinetes e depois costure toda a extensão da base. Faça o mesmo com o outro par. Em seguida, passe cola de tecido no centro dos pares e sobreponha um ao outro, formando a flor.
Por fim, costure o centro da flor para reforçar a montagem e espere a cola secar totalmente.

DICAS:
• Utilize, como material para fazer a flor, couro sintético ou tecidos bem encorpados, como veludo e camurça.
• Para o miolo da flor, aplique contas de acrílico, que podem ser coladas desde as pétalas até o centro.
Outra opção é costurar um botão no centro da peça.
Na hora de usar.
O enfeite pode ser aplicado como um broche em carteiras, echarpes e casacos. Para isso, cole um fecho na parte de trás das pétalas.
• Se quiser usar a flor no cabelo, finalize com um grampo de metal.
"Faça as aplicações em um pedaço de tecido, que deve ser colado sobre as costuras", ensina a designer responsável pela confecção da peça, Bida Thomazini.



PARA AQUECER SEU CORAÇÃO...

A melhor coisa que você pode dar ao inimigo, é o seu perdão.

Ao adversário, sua tolerância.
Ao amigo, sua atenção.
Ao filho, bons exemplos.
Ao pai, sua consideração.
A mãe, comportamento que a faça se sentir orgulhosa.
A todos os homens, caridade.
A você próprio, respeito.

( Benjamin Franklin )
Acredite em você!
Acorde com um sorriso!
Esparrame bom humor!
Seja transparente!
Tenha fé no amor!
Não esqueça de arrancar do teu coração:
a revolta pelo tempo perdido,a mágoa pelo amor traído,o desejo de vingança e o vírus da desconfiança!
Viva feliz!
"A vida não é certa. Nada aqui é certo.
O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo.
Amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo, querendo, conseguindo. E só assim é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz:
"Graças à Deus deu tudo certo".
"Não existe nada de completamente errado no mundo, mesmo um relógio parado, consegue estar certo duas vezes por dia.

POR DENTRO DAS NOTÍCIAS...

Exclusivos ÉPOCA Online.
Acesse o conteúdo complementar às matérias publicadas na edição impressa Blog da Semana.

ÉPOCA desta semana discute o impacto dos novos tratamentos com células-tronco. A discussão prossegue na internet. No Blog da Semana, você poderá conversar com os pesquisadores Hans Dohmann e Lygia Pereira, especialistas no assunto, e com duas pessoas que receberam tratamento com células-tronco – e mudaram a vida delas para melhor. Confira.

Viaje com Haroldo Castro.
O fotógrafo, jornalista e diretor de documentários estreou em ÉPOCA Online o blog Viajologia. Ele vai passar o próximo mês viajando pela Ásia e compartilhando suas histórias, fotos e crônicas com os internautas. Participe junto com ele dessa aventura imperdível.

Por dentro do novo filme do Quarteto Fantástico.
A equipe de cultura de ÉPOCA produziu um podcast sobre o novo filme da Marvel, que estréia neste fim de semana em todo o Brasil. Ouça e descubra se vale a pena ir ou não ao cinema para acompanhar as aventuras desse grupo de super-heróis – que ganharam a companhia ilustre do Surfista Prateado.

O Filtro.
Thomas Traumann, colunista político e editor-executivo de ÉPOCA, acorda cedo todos os dias para ler os principais jornais do Brasil por você. Ele escolhe as notícias mais importantes do dia e as comenta na newsletter O Filtro. Inscreva-se no nosso site para recebê-la. Você ganha tempo e forma sua opinião com a ajuda de um dos mais competentes jornalistas do país.

Projeto Generosidade. Durante seis meses, ÉPOCA e as demais revistas da Editora Globo contaram a trajetória de brasileiros que estão mudando a cara do país. Foram quase 100 reportagens sobre esses heróis anônimos e suas revoluções pacíficas de ajuda ao próximo. Cerca de 500 leitores escreveram suas histórias do bem. Agora, chegou a hora de você escolher quem vai ganhar o prêmio de R$ 100 mil para investir na construção de um país mais justo

Leia as manchetes das revistas da Editora Globo. Clique Aqui!
Assine já!

QUEM

Separação tumultuada Diego, o Alemão, anuncia o fim do namoro com Íris Stefanelli, a Siri. Os dois usaram a mídia para troca de acusações


sábado, junho 23, 2007

VEJA SE VOCÊ...

SE ENQUADRA NESSA...

ACHA QUE NÃO TEM TEMPO PARA LER SOBRE ISSO?

VOCÊ PODE ESTAR AFETADO PELA SÍNDROME DA PRESSA.

Pessoas que não têm tempo para nada, irritam-se quando os outros exigem sua atenção, detestam histórias cheias de detalhes e sentem-se culpadas quando estão ociosas, são potenciais portadores da síndrome da pressa, termo cunhado pela pesquisadora Marilda Lipp, professora da Pontifica Universidade Católica de Campinas (PUC Campinas).

"São pessoas que tem como base de sua personalidade a urgência de tempo. Tem pressa mesmo quando não há nada que a justifique", diz a pesquisadora. Segundo ela, há vários níveis da síndrome - nos mais graves, ela pode até potencializar riscos de enfarte e úlcera gástrica.

De acordo com Marilda, na pressa não há distinção de idade ou sexo. "Homens, mulheres, crianças e idosos podem ter síndrome da pressa. O problema se agravou com a informatização. As pessoas querem a resposta do ser humano com a mesma rapidez que é obtida no computador", afirma.

Além da rapidez eletrônica, vários outros fatores contribuem para desencadear o problema, como o enxugamento nos quadros das empresas, o que força o funcionário a acumular tarefas, sob risco de demissão, o medo do desemprego e a convivência com outros doentes.

"Crianças acabam desenvolvendo a síndrome por causa dos pais, que cobram respostas rápidas a tudo o que propõem aos filhos", explica. Ela lembra ainda que a síndrome não é provocada apenas no ambiente de trabalho, mas pode ser desenvolvida também por pessoas que se sentem atarefadas na vida social ou esportiva.

Os estudos sobre o tema são desenvolvidos na PUC-Campinas no Laboratório de Estudos Psicofisiológicos do Stress (Leps), criado por Marilda para desenvolver pesquisas sobre o tema. Lá dos 4 mil pacientes atendidos no ano passado, 1.500 apresentavam a síndrome da pressa. "Fizemos uma pesquisa entre executivos, e verificamos que 90% deles têm sintomas da síndrome. A estatística indica que ela afeta patologicamente 10% da população em geral.
Segundo a professora, 75% dos enfartados têm a doença, que também compromete a vida social dos pacientes. "Parentes e amigos se sentem sempre em segundo plano", conta.

Tratamento
A pesquisadora aponta outros comportamentos que podem indicar a síndrome, como segurar objetos com força maior que a necessária, comer e andar rapidamente. O tratamento é baseado em sessões de "treinamento", como define pesquisadora, em que o paciente aprende a controlar a ansiedade, conhecer seus limites, definir prioridades e metas. "Se não há meta, tudo parece urgente", diz Marilda.
São necessárias 15 sessões de terapia de 50 minutos cada uma, para reabilitar o doente, sem utilização de remédios. As sessões ocorrem semanalmente, e são completadas com "lição de casa". Num dos exercícios, o paciente é posto para conversar com um gago e ouvir atentamente tudo o que ele diz, sem interrompê-lo. Ele também é orientado a percorrer espaços andando lentamente, e segurar objetos sem aplicar força sobre eles.
Entre as lições de casa, uma é nunca atravessar o sinal amarelo. "Se atravessar, o paciente tem de dar a volta no quarteirão para passar de novo pelo mesmo semáforo", conta Marilda. Monitorar-se para ouvir pacientemente o que os outros têm a dizer, sem interrompê-los, comer e andar lentamente são medidas que devem ser adotadas pelos apressados.
"O treinamento é baseado na terapia cognitiva-comportamental", diz Marilda. Os resultados são geralmente positivos, comenta.


Mais informações sobre o Leps, ou o Centro de Controle de Estresse podem ser obtidas no site
www.estresse.com.br .

Veja o teste
Você tem pressa?
1-Sempre confirmo com expressões como "sim", "evidentemente", "claro", enquanto outras pessoas estão falando.
2-Sinto um vago desconforto ou remorso quando não estou fazendo nada.
3-Faço duas ou mais coisas ao mesmo tempo ?
4-Sou muito rápido no pensamento e nas ações ?
5-Fico irritado com quem inclui muitos detalhes quando conta uma história ?
6-Penso em vários assuntos ao mesmo tempo ?

Resultado
* De 4 a 6 pontos na opção verdadeiro : você tem síndrome da pressa e possui temperamento inquieto. Procure alternativas para relaxar e se sentirá melhor.

* 3 pontos na opção verdadeiro : você não tem síndrome da pressa, mas corre o risco de adquiri-la.

* Até 2 pontos : você está no grupo ideal, continue assim.

sexta-feira, junho 22, 2007

CRÔNICA...

Uma Crônica Bem Humorada!!!



REGIME?

Tenho dois grandes problemas em relação a meu peso:





1 - Dificuldade de emagrecer e

2 - Facilidade de engordar.

Em algum lugar do meu DNA implantaram um gene de urso polar e meu organismo sempre tem a sensação de que eu vou hibernar durante seis meses e, assim, resolve guardar tudo o que como, pra sobreviver ao inverno. O problema é que a vida do urso polar é só inverno. Sem contar que eu devo ter um sério distúrbio oftalmológico, ligado ao acúmulo de gordura, porque basta eu olhar para uma lasanha que minha bunda aumenta. Claro, ao longo da vida já engordei, emagreci, engordei, emagreci, como qualquer sanfona histérica. Nada de tão grave que me impedisse de virar a roleta no metrô com uma pequena ajuda ou que me fizesse entalar na roda-gigante. O caso é que nesse engorda-emagrece engorda-emagrece, eu parei por último no engorda.





O problema é que passar a vida inteira preocupada com o peso é um porre. E a pior parte é ouvir as mesmas soluções e receitas de dieta que você não vai fazer, como: "Comer muita fruta, muita verdura, cortar massas e suspender o açúcar". Ah, então tá. Vamos cortar as massas. Pega a tesoura, por favor, que eu vou picotar o espaguete e já volto. O açúcar eu vou guardar em cima do armário prá ficar suspenso. As frutas eu vou comer, todas, como um bom abacatesão e uma jaca gay. Vamos deixar de ser hipócritas, o mundo ocidental, capitalista, foi projetado para produzir gente gorda. Você vai na lanchonete e tudo é gorduroso, calórico e cheio de açúcar. Pra disfarçar eles vendem uma daquelas saladinhas transgênicas cuja embalagem é mais saudável que o conteúdo. Em qualquer lugar do planeta, na padaria, no posto de gasolina, na banca de revistas, você pode comer salgadinhos, bala, chocolate, tudo que engorda. Ninguém nunca viu um pacote de cenoura picada, pepino em rodelinha, talos de salsão na boca de caixa da padaria. Porém, não é só a ingestão da comida que é programada para deixar você obeso e infeliz: Todo o marketing da indústria do emagrecimento foi construído para mentir e levar seu dinheirinho. As modelos que vendem aparelhos de ginástica, fazem lipo, botam silicone e depois vão dizer que foi aquela cadeirinha super-duper-lipo-sculpt, em quatro parcelinhas de xis e noventa e nove, que fez com que ela ficasse com aquele corpinho. O apresentador toma remédio pra emagrecer, faz uma plástica e depois vende diet-sucos pra enganar você. Quem nasceu magro, seja magro de ruim ou magro de fome, está na vantagem. Vai economizar muito dinheiro, tempo e sanidade mental. Quem tem tendência a sair rolando, sabe como é o momento de enfrentar a balança do banheiro. Primeiro você tira a roupa, o sapato, a meia, e sobe na balança (eu tiro tb a piranha do cabelo e os óculos de grau, mas daí, na hora de ver o peso sem os óculos, sempre acho que estou vendo errado. Não acredito naqueles quilos todos. Aí você faz xixi, escova os dentes, corta as unhas, pra se livrar de mais alguns gramas e sobe na balança de novo... Nada! O ponteiro já está rindo da sua cara e não sai do lugar. Você resolve botar mais coisas pra fora. Chora, corta o cabelo, tira a sobrancelha, depila as pernas, arranca uma obturação. Nada! Dá vontade de pular da janela, mas morrer gordo e pelado é o pior vexame HHHAAAA!). Melhor ficar vivo com uma roupinha larga. Você volta, se veste e sai do banheiro se sentindo uma pizza de ontem grudada na tampa, um lixo, um nada. Mas, dizem que enquanto há vida há ex-pelancas e para tudo há uma solução. É só você fazer reeducação alimentar. Ah, bom! Era isso... Falta de educação. Agora sim, vou dividir minhas horas do dia, fragmentar as refeições, ingerir mais proteínas do que carboidratos, trocar o açúcar por adoçante e tudo vai dar certo. Sim, porque no fim, você vai ao spa, faz uma lipo, bota uma prótese. Se não der certo, você grampeia o estômago, costura a boca e amplia o reto! Você vai ver que fácil vai ser, você vai ficar magro, direto! "O que eu faria com uns 'quilinhos' a menos'? Sairia correndo pra dar um soco na cara do imbecil que criou esse comercial! Aproveitando o nome do remédio já faço a rima: vá K-gá (hahahahahahahaha) no matagal!!! Agora, com licença que eu tenho que sair pra caminhar. Sabe, fazer exercícios queima calorias... Emagrece... Ou pelo menos, desengorda!



(A.D.)

UMA LENDA...



UMA LENDA CHINESA.

Era uma vez, uma jovem chamada Lin, que se casou e foi viver com o marido na casa da sogra. Depois de algum tempo, começou a ver que não se adaptava à sogra. Os temperamentos eram muito diferentes e Lin cada vez se irritava mais com os hábitos e costumes da sogra, que criticava cada vez com mais insistência.
Com o passar dos meses, as coisas foram piorando, a ponto de a vida se tornar insuportável. No entanto, segundo as tradições antigas da China, a nora tem que estar sempre ao serviço da sogra e obedecer-lhe em tudo.
Mas Lin, não suportando por mais tempo a ideia de viver com a sogra, tomou a decisão de ir consultar um Mestre, velho amigo do seu pai.
Depois de ouvir a jovem, o Mestre Huang pegou num ramalhete de ervas medicinais e disse-lhe: "Para te livrares da tua sogra, não as deves usar de uma só vez, pois isso poderia causar suspeitas. Vais misturá-las com a comida, pouco a pouco, dia após dia, e assim ela vai-se envenenando lentamente.
Mas, para teres a certeza de que, quando ela morrer, ninguém suspeitará de ti, deverás ter muito cuidado em tratá-la sempre com muita amizade. Não discutas e ajuda-a a resolver os seus problemas."
Lin respondeu: "Obrigado, Mestre Huang, farei tudo o que me recomenda".
Lin ficou muito contente e voltou entusiasmada com o projeto de assassinar a sogra.
Durante várias semanas, Lin serviu, dia sim dia não, uma refeição preparada especialmente para a sogra. E tinha sempre presente a recomendação de Mestre Huang para evitar suspeitas: controlava o temperamento, obedecia à sogra em tudo e tratava-a como se fosse a sua própria mãe.
Passados seis meses, toda a família estava mudada. Lin controlava bem o seu temperamento e quase nunca se aborrecia. Durante estes meses, não teve uma única discussão com a sogra, que também se mostrava muito mais amável e mais fácil de tratar com ela. As atitudes da sogra também mudaram e ambas passaram a tratar-se como mãe e filha.
Certo dia, Lin foi procurar o Mestre Huang, para lhe pedir ajuda e disse-lhe:
"Mestre, por favor, ajude-me a evitar que o veneno venha a matar a minha sogra. É que ela transformou-se numa mulher agradável e gosto dela como se fosse a minha mãe. Não quero que ela morra por causa do veneno que lhe dou."
Mestre Huang sorriu e abanou a cabeça:
- "Lin, não te preocupes. A tua sogra não mudou. Quem mudou foste tu. As ervas, que te dei, são vitaminas para melhorar a saúde. O veneno estava nas suas atitudes, mas foi sendo substituído pelo amor e carinho que lhe começaste a dedicar. "
Na China, há um provérbio que diz: "A pessoa que ama os outros também será amada".
Os árabes têm outro que diz: "O nosso inimigo não é aquele que nos odeia, mas aquele que nós odiamos."



Leve o amor aonde você for.
Em primeiro lugar, a sua casa.
Dê amor aos seus filhos, a seu marido ou a sua esposa, aos vizinhos que moram a lado...
queles que VÊM a você devem partir mais felizes, melhores.
Seja a expressão viva da bondade de DEUS.
Tenha a bondade na face, a bondade nos olhos, a bondade no sorriso e no caloroso aperto de mãos.

(Madre Tereza)

Tenha hoje...O melhor dos seus dias!!!

POR DENTRO DAS NOTÍCIAS...

Destaques do dia.

Dívidas tiram micros do Supersimples.
Cerca de 70% das micro e pequenas empresas do município de São Paulo, hoje, não poderiam aderir ao Supersimples, por não terem quitado suas dívidas, condição necessária para ingressar no novo sistema tributário. Leia mais.
Consumo de energia bate recorde histórico.
O consumo de energia elétrica no país bateu recorde histórico em abril deste ano, com 31.575 GWh, volume 6,7% maior que o registrado no mesmo mês do ano passado. Leia mais.
Três grandes redes vão vender pela internet.
Três grandes redes do varejo, Carrefour, Wal-Mart e Casas Bahia, devem começar a vender produtos pela internet no próximo ano, aproveitando o crescimento de consumidores que fazem compras pela rede. Leia mais.
Emissão de cheque pré-datado cresce 2,08%.
Os cheques pré-datados representaram 73,28% do volume financeiro total movimentado com cheques em maio, ante 71,97% em abril de 2007. Em relação a maio de 2006, quando o total de emissões pré-datadas foi de 73,92%, foi registrada uma queda de 0,87%. Leia mais
O desafio da sucessão na empresa familiar.
O empresário José Manuel Palitos pensou com antecedência na sucessão familiar. Ele estimulou desde cedo o filho a trabalhar na fábrica de sapatos. Desde os oito anos, José Manuel Palitos Filhos freqüenta a empresa do pai. Leia mais.
Batalha high tech
As vendas de computadores decolaram no Brasil, nos últimos anos, impulsionadas por vários fatores favoráveis, como dólar em queda, combate ao contrabando, isenção de PIS e Cofins por meio da MP do Bem e maior facilidade de financiamento. Leia mais.
Assine já!
PROGRAMA DA TV
Criação de vagas formais até maio é recorde.
O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) registrou, entre janeiro e maio deste ano, a criação de 913.836 postos de trabalho com carteira assinada, segundo dados divulgados pelo Ministério do Trabalho. Leia mais.

Leia as manchetes das revistas da Editora Globo. Clique Aqui!

quinta-feira, junho 21, 2007

LEIA E AQUEÇA SEU CORAÇÃO...

Serapião era um velho mendigo que perambulava pelas ruas da cidade.
Ao seu lado, o fiel escudeiro, um vira-lata que atendia pelo nome de Malhado.
Serapião não pedia dinheiro. Aceitava sempre um pão, uma banana, um pedaço de bolo ou um almoço feito com sobras de comida dos mais abastados.
Quando suas roupas estavam imprestáveis, logo era socorrido por alguma alma caridosa. Mudava a apresentação e era alvo de brincadeiras.
Serapião era conhecido como um homem bom, que perdera a razão, a família, os amigos e até a identidade. Não bebia bebida alcoólica, estava sempre tranqüilo, mesmo quando não havia recebido nem um pouco de comida.
Dizia sempre que Deus lhe daria um pouco na hora certa e, sempre na hora que Deus determinava, alguém lhe estendia uma porção de alimentos.
Serapião agradecia com reverência e rogava a Deus pela pessoa que o ajudava. Tudo que ganhava, dava primeiro para o malhado, que, paciente, comia e ficava a esperar por mais um pouco.
Não tinham onde dormir; onde anoiteciam, lá dormiam. Quando chovia, procuravam abrigo embaixo da ponte e, ali o mendigo ficava a meditar, com um olhar perdido no horizonte.
Aquela figura me deixava sempre pensativo, pois eu não entendia aquela vida vegetativa, sem progresso, sem esperança e sem um futuro promissor.
Certo dia, com a desculpa de lhe oferecer umas bananas fui bater um papo com o velho Serapião. Iniciei a conversa falando do Malhado, perguntei pela idade dele, o que Serapião, não sabia. Dizia não ter idéia, pois se encontraram um certo dia quando ambos andavam pelas ruas e falou:
- Nossa amizade começou com um pedaço de pão.
Ele parecia estar faminto e eu lhe ofereci um pouco do meu almoço; e ele agradeceu, abanando o rabo. Daí, não me largou mais.
Ele me ajuda muito e eu retribuo essa ajuda sempre que posso.
Curioso perguntei:
- Como vocês se ajudam?
Ele me vigia quando estou dormindo; ninguém pode chegar perto que ele late e ataca. Também quando ele dorme, eu fico vigiando para que outro cachorro não o incomode.
Continuando a conversa, perguntei:
Serapião, você tem algum desejo na vida?
Sim, respondeu ele .
- tenho vontade de comer um cachorro quente, daqueles que a Zezé vende ali na esquina.
- Só isso? Indaguei.
É, no momento é só isso que eu desejo.
Pois bem, vou satisfazer agora esse grande desejo. Saí e comprei um cachorro quente para o mendigo.
Voltei e lhe entreguei.
Ele arregalou os olhos, deu um sorriso, agradeceu a dádiva e em seguida tirou a salsicha, deu para o Malhado, e comeu o pão com os temperos.
Não entendi aquele gesto do mendigo, pois imaginava ser a salsicha o melhor pedaço.
Não me contive e perguntei, intrigado:
Por que você deu para ao Malhado, logo a salsicha?
Ele com a boca cheia respondeu:
Para o melhor amigo, o melhor pedaço!
E continuou comendo, alegre e satisfeito.
Despedi-me do Serapião, passei a mão na cabeça do Malhado e sai pensando. Aprendi como é bom ter amigos. Pessoas em que possamos confiar.
Por outro lado, é bom ser amigo de alguém e ter a satisfação de ser reconhecido como tal. *Jamais esquecerei a sabedoria daquele eremita: "PARA O MELHOR AMIGO O MELHOR PEDAÇO" Uma ótima noite!!!Esta mensagem foi enviada por nilcea pedra.

ATENÇÃO!!!

DEZ MANDAMENTOS PARA USUÁRIOS DE LAN HOUSES.


1) Nunca acesse sua conta bancária via computadores públicos.
2) Não faça compras on-line ou outras transações que exijam seus dados financeiros.
3) Não escreva mensagens (de e-mail ou via messenger) com informações sigilosas, como dados do cartão de crédito.
4) Nunca opte pela alternativa "salvar senhas", disponível em webmails e redes sociais.
5) Se você é usuário de computadores públicos, troque suas senhas com maior freqüência (semanalmente, por exemplo).
6) Faça o log off da página por onde navegou. Ou seja: clique sempre em "sair" antes de abandonar o serviço de e-mail, o Orkut, o messenger ou outro serviço que exija senha. 7) Não use informações armazenadas na máquina; digite sempre o endereço do site que deseja visitar.
8) Fique atento ao visual das páginas que pedem sua senha; se a aparência for estranha, pode se tratar de um site fraudulento criado por piratas virtuais.
9) Fique atento aos arquivos criados ou salvos nessas máquinas. Se enviá-los via e-mail para sua máquina pessoal, passe o antivírus para certificar-se que eles não estão infectados.
10) Evite clicar em links sugeridos por desconhecidos ou visitar páginas possivelmente fraudulentas. Se todos os usuários tiverem esses cuidados, os riscos no uso de computadores públicos diminuem.

PARA REFLETIR...

Um dia, um rapaz pobre que vendia mercadorias de porta em porta para pagar seus estudos, viu que só lhe restava uma simples moeda de 10 centavos e tinha fome.
Decidiu que pediria comida na próxima casa. Porém, seus nervos o traíram quando uma encantadora jovem lhe abriu a porta.
Em vez de comida, pediu um copo de água. Ela achou que o jovem parecia faminto e lhe deu um grande copo de leite. Ele bebeu devagar e depois lhe perguntou:
- Quanto lhe devo?
- Não me deves nada! Minha mãe sempre nos ensinou a nunca aceitar pagamento por uma oferta caridosa.
- Pois te agradeço de todo coração.
Quando Howard Kelly saiu daquela casa, não só se sentiu + forte fisicamente, mas também sua fé em Deus ficou + forte.
Ele já estava resignado a se render e deixar tudo.
Anos depois, essa jovem ficou gravemente doente. Os médicos locais estavam confusos. Finalmente a enviaram à cidade grande, onde chamaram um especialista para estudar a rara enfermidade.
Chamaram o Dr.Howard Kelly. Quando escutou o nome do povoado de onde ela viera, uma estranha luz encheu seus olhos.
Imediatamente, vestido com a sua bata de médico, foi ver a paciente. Reconheceu imediatamente aquela mulher e determinou-se a fazer o melhor para salvar aquela vida, dedicando atenção especial aquela paciente.
Depois de uma demorada luta pela vida da enferma, ganhou a batalha.
O Dr. Kelly pediu a administração do hospital que lhe enviasse a fatura total dos gastos; conferiu, escreveu algo e mandou entregá-la no quarto da paciente.
Ela tinha medo de abri-la, porque sabia que levaria o resto da sua vida para pagar todos os gastos.
Finalmente abriu a fatura e algo lhe chamou a atenção, pois estava escrito o seguinte:
" Totalmente pago há muitos anos com um copo de leite (assinado). Dr. Howard Kelly .
"Lágrimas de alegria correram de seus olhos e seu coração feliz orou assim:
- Graças, meu Deus, porque teu amor se manifestou nas mãos e nos corações humanos!!!

POR DENTRO DAS NOTÍCIAS...

Destaques do dia.
Dívidas tiram micros do Supersimples.
Consumo de energia bate recorde histórico.
Três grandes redes vão vender pela internet.
Emissão de cheque pré-datado cresce 2,08%.
Batalha high tech.

quarta-feira, junho 20, 2007

REFLITA...

AS COLHERES DE CABO COMPRIDO.
Conta uma lenda que Deus convidou um homem para conhecer o céu e o inferno.
Foram primeiro ao inferno. Ao abrirem uma porta, o homem viu uma sala em cujo centro havia um caldeirão de substanciosa sopa e à sua volta estavam sentadas pessoas famintas e desesperadas. Cada uma delas segurava uma colher, porém de cabo muito comprido, que lhes possibilitava alcançar o caldeirão, mas não permitia que colocassem a sopa na própria boca.
O sofrimento era Grande.
Em seguida, Deus levou o homem para conhecer o céu. Entraram em uma sala idêntica à primeira: havia o mesmo caldeirão, as pessoas em Volta e as colheres de cabo comprido.
A diferença é que todos estavam saciados. Não havia fome, nem sofrimento.
"Eu não compreendo", disse o homem a Deus, "por que aqui as pessoas estão felizes enquanto na outra sala morrem de aflição, se é tudo igual?"
Deus sorriu e respondeu: "Você não percebeu?
É Porque aqui eles aprenderam a Dar comida uns aos outros.
" Moral:
Temos três situações que merecem profunda reflexão:
1. Egoísmo: as pessoas no inferno estavam altamente preocupadas com a sua própria fome, impedindo que se pensasse em alternativas para equacionar a situação;
2. Criatividade: como todos estavam querendo se safar da situação caótica que se encontravam, não tiveram a iniciativa de buscar alternativas que pudessem resolver o problema;
3. Solidariedade: se tivesse havido o espírito solidário e ajuda mútua, a situação teria sido rapidamente resolvida.
Conclusão:
Dificilmente o individualismo consegue transpor barreiras.
a - O espírito de solidariedade é essencial para o alcance do sucesso;
b - Um grupo participativo, homogêneo , coeso, vale mais do que um batalhão de pessoas com posicionamentos isolados.
Isso vale para qualquer área de sua vida, especialmente a profissional.
E, lembre sempre: A alegria faz bem à saúde; estar sempre triste é morrer aos poucos.

ATENÇÃO!!!

Dez coisas que levei anos para aprender

- Luís Fernando Veríssimo

1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa. (Esta é muito importante. Preste atenção. Nunca falha).
2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.
3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.
4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.
5. Não confunda nunca sua carreira com sua vida.
6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.
7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria "reuniões".
8. Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental".
9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.
10. Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca.
Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.

Beijos Iluminados

FIQUE POR DENTRO!

MATÉRIAS.


- A festa é caipira, mas o visual é de arrasar.

- Apele para o santo!








Confira as datas e simpatias certas desta época.





- Curta a festa, mas não deixe a dieta entrar na dança.











- Saiba escolher a delícia que mais combina com sua dieta.








- Faça em casa o melhor da quermesse: os quitutes.













DESTAQUES.

Faça as brincadeiras da festa da roça, na cidade.

Meu filho não gosta de festa junina, e agora?

Dica Nokia: A festa do Tone já começou. Clique aqui e garante seu convite.

Conheça o primeiro esquadrão feminino anti-menopausa.


newsletter Minha Vida

PRECISANDO DE UMA FORCINHA?


Nunca subestime suas capacidades.
Você pode fazer tudo o que sempre sonhou.
Não permita que as dúvidas apareçam; afaste-as de sua mente.
Você é forte e capaz; é corajoso e também determinado.
Você tem tantos motivos para dar certo, tantas coisas a seu favor e tantas oportunidades à sua frente!
Não minimize a sua grande capacidade, nem impeça que seus sonhos aconteçam de verdade.
Reconheça suas forças. Adote uma atitude positiva.
Confie em seu poder de pensar afirmativamente. Mantenha o controle.
Acima de tudo, pense que pode, acredite que pode e tudo com certeza vai se realizar".


terça-feira, junho 19, 2007


OS ENGANOS


Alexandra Solnado


As pessoas vivem vidas inteiras de enganos. Acham que pegaram "o fio da meada" através do controle, deixando a vida previsível.
Ora, a vida não é previsível nem tem de ser. Se Deus te colocou num mundo com problemas é porque Ele sabe que, tentando superar os obstáculos, vocês vão ficando mais inteligentes, mais evoluídos.
E se conseguirem conectar-se e resolver os assuntos com a sua alma, ainda melhor. Deus colocou os problemas para nos ajudar a evoluir e o que é que vocês fazem? Ativam o controle e passam a vida a arquitetar e a fazer estratégias para afastar os problemas, para evitá-los. Quem evita os problemas não evolui!
Vocês têm de enfrentar o eterno medo da perda. Se considerarem que nada daí é seu, que tudo é emprestado pela vida, nunca perderão nada e, assim, não irão necessitar de se defender tanto, de controlar tanto. O medo de perder gera controle e o controle gera frustração porque a vida bloqueia.
Para que a vida possa fluir, para que o seu caminho se apresente, há que parar de controlar e observar a vida a trazer os seus sinais, a apresentar-se. Só que, para parar de controlar tem que aprender a perder. A perda está diretamente ligada à fluidez da vida, à felicidade. E é aqui que residem os enganos.
As pessoas pensam que, para serem felizes têm de ter, têm que ganhar, mas, na realidade, para se encontrarem, para se conectarem com o que são, têm de aprender a perder.
Quando este engano é revisto, quando a pessoa realmente compreende que o ganhar e o manter tem a ver com a auto-estima exterior (gostar de si pelo Ter e não pelo Ser), quando ela percebe que não é assim, tudo volta ao seu lugar e a pessoa começa então a trilhar o verdadeiro caminho da verdadeira felicidade.